O presidente Jair Bolsonaro decidiu promover a troca de maior impacto no núcleo duro do governo e deslocar o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para outra função. O substituto de Onyx será o general Walter Braga Netto, chefe do Estado-Maior do Exército, que comandou a intervenção na segurança do Rio, em 2018. Considerado o “capitão do time” na montagem da equipe, Onyx teve suas tarefas esvaziadas por Bolsonaro e vai ser transferido para o Ministério da Cidadania, pasta que cuida do Bolsa Família e hoje é comandada por Osmar Terra. Com a mudança, todos os ministros com assento no Palácio do Planalto terão origem militar, destaca o jornal O Estado de S. Paulo.

Ao completar 13 meses de governo e dizendo estar “sobrecarregado”, Bolsonaro tem se cercado cada vez mais de integrantes das Forças Armadas e até se reaproximou do vice, general Hamilton Mourão. Na dança das cadeiras, Terra poderá retornar à Câmara, já que é deputado licenciado como Onyx, do DEM, ou até assumir uma embaixada. As trocas não foram oficializadas ainda porque, além de ter ficado irritado com o “vazamento” da informação, Bolsonaro procura acomodar Terra para não desagradar ao MDB. Terra é o único ministro do MDB e o presidente avalia a possibilidade de oferecer a ele uma representação diplomática na Argentina ou na Espanha.

O Estado revelou, nos últimos dias, que o Ministério da Cidadania contratou uma empresa suspeita de ter sido usada como laranja para desviar R$ 50 milhões dos cofres públicos, apesar dos alertas de fraude. Ontem, Bolsonaro cobrou explicações de Terra.

p.p1 {margin: 0.0px 0.0px 0.0px 0.0px; text-align: justify; text-indent: 14.2px; line-height: 11.0px; font: 10.0px 'Times New Roman'; color: #757679} p.p2 {margin: 0.0px 0.0px 0.0px 0.0px; text-align: justify; text-indent: 14.2px; line-height: 11.0px; font: 10.0px 'Times New Roman'; color: #757679; min-height: 11.0px}

A transferência de Onyx para a Cidadania já vinha sendo estudada pelo presidente, que mostrava descontentamento com o ministro, mas ele só bateu o martelo quarta-feira, 12.