Um avião que estava aterrissando no aeroporto Sabiha Gökçen, em Istambul, na Turquia, saiu da pista e se partiu na tarde desta quarta-feira, 5. Apesar do incidente, não houve nenhum morto, mas há feridos, informou o ministro de Transportes do País, Cahit Turhan.

O avião se partiu em três pedaços depois do que o governo turco qualificou como uma aterrisagem "dura". O ministro acrescentou que houve feridos no voo da Pegasus Airlines. A companhia ainda não deu detalhes do voo procedente de Izmir.

O Ministério dos Transportes, por sua vez, diz que ele transportava 177 passageiros a bordo, enquanto alguns veículos de informação citam 183 pessoas a bordo.

O prefeito de Istambul, Ali Yerlikaya, informou que equipes de emergência estão trabalhando para retirar os passageiros.

O aeroporto Sabiha Gökçen é o menor de Istambul e está localizado na parte asiática da cidade - a metrópole turca tem também uma área no continente europeu.

Por causa do incidente, as instalações foram fechadas ao tráfego aéreo.

Imagens de televisão mostraram danos ao avião, com a fuselagem aparecendo dividida em três partes. O canal NTV informou que o avião pegou fogo após derrapar, mas disse que as chamas haviam sido apagadas.

Segundo o site de rastreamento de voo Flightradar24, o avião é um Boeing 737. COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS