O Reino Unido deve realizar eleições gerais no dia 12 de dezembro, após legisladores manifestarem apoio a um projeto de lei solicitando o pleito. A votação vai ocorrer após meses de impasse do Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), que foi adiado até 31 de janeiro.

O projeto de lei apresentado pelo premiê Boris Johnson foi aprovado pela Câmara dos Comuns nessa terça-feira (29), com 438 votos a favor e 20 contra. Partidos de oposição decidiram apoiar a proposta de eleição após a UE concordar em adiar o prazo final do Brexit, reduzindo o risco de uma saída sem acordo do bloco europeu.

O Partido Conservador, de Johnson, espera obter o apoio da população para conquistar a maioria no Parlamento, de forma que o país consiga sair o quanto antes da União Europeia.

Entretanto, partidos de oposição pretendem substituir o governo de Johnson e impedir o Brexit nos termos acordados por ele com o bloco europeu.

A eleição deve reacender o debate público sobre a necessidade de o Reino Unido sair ou não do bloco.