Polícia do Rio acha carro de ator desaparecido; veículo tinha manchas de sangue

Geral
Tipografia
  • Pequenina Pequena Media Grande Gigante
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times
O carro do ator Edson Caldas Barboza, de 29 anos, que está desaparecido há oito dias, foi encontrado abandonado, na cidade de Queimados, Baixada Fluminense, nesta sexta-feira, 9. O veículo tinha marcas de tiro e vestígios de sangue no interior, segundo a Polícia Civil. A Delegacia de Descoberta de Paradeiros foi acionada e realizou perícia no local. Foram realizadas buscas nas imediações e o artista ainda não foi localizado.

Caldas está desaparecido desde o último dia 2, quando saiu de um bar, em Coelho Neto, zona norte do Rio, acompanhado de um rapaz. Depois de atuar na novela Gênesis, da Record TV, ele estava trabalhando com entregas e, no dia do desaparecimento, tinha um serviço programado para o Grajaú, mas acabou cancelando. O último contato com a mulher, Jennyfer Vieira, foi feito na sexta, mesmo dia em que ele desapareceu.

Desde então, ela e outros familiares iniciaram uma busca por informações do paradeiro dele, usando inclusive as redes sociais. Segundo Jennyfer, após o desaparecimento, o veículo do ator foi flagrado por câmeras de segurança quando passava pelo município de Japeri, a cerca de 50 quilômetros, no mesmo dia. Além do trabalho na Record, Caldas participou do filme O Último Animal, de Leonel Vieira.

A Polícia Civil do Rio informou que o caso foi registrado na 5ª Delegacia de Polícia Mem de Sá e encaminhado para a Delegacia de Descoberta de Paradeiros. Conforme a polícia, diligências estão em andamento na tentativa de localizar o ator.

Em outra categoria

Ney Matogrosso foi o nome homenageado no Altas Horas do último sábado, 25. No programa, ele tocou Bandido Corazón com Roberto de Carvalho, e relembrou a história especial em torno dessa música: foi por causa dessa canção que Ney aproximou Roberto e Rita Lee.

Bandido Corazón foi composta por Rita para Ney. Segundo ele, ao ver o novo arranjo, a cantora quis conhecer o guitarrista - Roberto de Carvalho. "Eu estava fazendo um show no lugar chamado Beco, lá em São Paulo, e o Roberto ainda tocava comigo", lembrou ele. "Já estava assim, no momento de transição, eu já tinha gravado o 'Bandido', mas ainda estava com a banda anterior".

"A Rita foi assistir [o show], me convidou para jantar na casa dela, e disse que eu podia levar alguém. Eu já sabia quem ela queria que eu levasse. Eu sabia mesmo. E levei", contou.

"Foi instantaneamente, os dois se juntaram, já sentaram no piano, e eles ficaram lá, os dois, tocando piano, já começaram a compor. Aí eu disse assim: 'Bom, acho que eu estou sobrando aqui, né?'. Fui embora, deixei eles lá, e pronto, e ali a história tomou o rumo que todo mundo conhece. E eu fico muito orgulhoso de ter feito isso".

A versão de Rita e Roberto

Em uma entrevista ao Fantástico após o velório de Rita, Roberto detalhou a noite em que Ney "juntou" os dois a pedido dela. "Ela dizia: 'Eu queria tanto que chegasse esse momento para a gente se encontrar, fazer música'. A partir dali os convidados foram se retirando e quando a gente viu estávamos só nós dois", contou. "Continuamos a noite no andar de cima. A paixão se revelou na sua forma mais esplêndida, espetacular, amorosa e depois disso nós não nos separamos nunca mais".

Em sua autobiografia, Rita descrevia suas impressões sobre o músico, com quem ficaria casada por mais de quarenta anos. "O gato, além de lindo, cheiroso e excelente guitarrista, também se mostrava exímio pianista. Amor à primeira tecla...", escreveu a cantora.

Roberto e Rita Lee ficaram juntos de 1976 até a morte dela, em 2023

Rafa Kalimann, atualmente no elenco da novela Família É Tudo, publicou um desabafo em seu perfil no Instagram na noite deste sábado, 25, falando sobre boatos de que supostamente teria dificuldade em decorar textos e até que atrasaria a rotina de gravações.

A atriz não identificou o alvo de suas críticas, mas chamou os rumores de "narrativas criadas por pessoas irresponsáveis que querem seus likes e engajamento", e pediu: "Respeitem a mim, ao meu processo, aos meus colegas de trabalho. Não criem mentiras em relação a eles, não merecem isso."

"De mentira em mentira, verdades são criadas, e vocês nem ficam sabendo o que é verdade e o que não é. Venho fazer esse vídeo porque envolve meu trabalho, que é o que ha de mais sagrado pra mim: entrega, disciplina... É notório até para quem não me acompanha o quanto sou dedicada", disse a atriz.

Em seguida, Rafa Kalimann destacou que o momento difícil pelo qual passa, tendo sofrido um aborto recentemente, "não foi respeitado", e agradeceu o apoio de colegas no set de filmagem.

"É inadmissível para mim que inventem qualquer mentira sobre meu trabalho, minha disciplina e as pessoas que me deram apoio nesse momento que tanto precisei", concluiu.

Roque, icônico assistente de palco dos programas de Silvio Santos, no SBT, recebeu alta do hospital em que estava internado na última sexta, 24. Neste sábado, 25, sua mulher, Janilda Nogueira, publicou vídeos em que ele aparece em casa, incluindo um em que ironiza uma postagem que dizia que teria morrido.

Nele, o artista aparece e lê uma postagem que diz: "Morre, aos 87 anos, Roque, assistente de palco de Silvio Santos". Em seguida, abre um sorriso e brinca com a situação: "Eu morri! [Risos]". Em outra postagem, aparece brincando com o papagaio da família, Vicente.

Roque havia sido internado no hospital Santa Elisa, em Jundiaí, no interior de São Paulo, após um sangramento intracraniano no último sábado, 18. Na quarta, 22, recebeu alta da UTI [Unidade de Terapia Intensiva], e na sexta, 24, alta em definitivo do hospital para ir para casa.