O Flamengo não vai contar com o zagueiro Léo Pereira no confronto com o Athletico-PR pela Supercopa do Brasil. Nesta quinta-feira, o clube comunicou que o jogador está lesionado e nem foi relacionado para o duelo de domingo, no Mané Garrincha, em Brasília.

Léo Pereira participou do clássico contra o Fluminense, quarta-feira, vencido por 3 a 2, pelas semifinais da Taça Guanabara. Não foi substituído, mas reclamou de dores na coxa esquerda após o duelo. E exames detectaram uma lesão no local.

"O atleta Léo Pereira sentiu dor na posterior da coxa esquerda no jogo de ontem. Exame realizado nesta quinta-feira (13.02) constatou uma lesão no local. Iniciou tratamento", anunciou o Flamengo em publicação no seu perfil no Twitter.

A lesão impede Léo Pereira de enfrentar o seu último clube. O zagueiro foi adquirido pelo Flamengo junto ao Atletico-PR no início desta temporada, no mesmo período em que o clube acertou a ida do espanhol Pablo Marí para o Arsenal.

Se perdeu Léo Pereira, o Flamengo terá um retorno importante para a sua defesa diante do Athletico. Recuperado de corte profundo no joelho direito, sofrido em seus primeiros treinos no ano, ele ainda não atuou em 2020. E fará a sua estreia na temporada na partida decisiva, compondo a dupla de zaga com Gustavo Henrique. Já Matheus Thuler ficará como opção no banco de reservas.

Assim, o Flamengo deve entrar em campo no domingo com a seguinte formação: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel.