Após novo erro da arbitragem e muitas chances desperdiçadas, o São Paulo perdeu por 2 a 1 para o Santo André, neste domingo, jogando no estádio Bruno José Daniel, em Santo André, no ABC paulista. Fernandinho e Dudu Vieira marcaram para os mandantes, donos da melhor campanha do Campeonato Paulista com 12 pontos, após cinco rodadas, e líderes do Grupo B. Daniel Alves descontou de falta para o time tricolor, que estaciona nos 8 e ocupa a terceira posição do Grupo C.

Quem esperava um jogo truncado por conta da forte chuva que caiu na região horas antes de a bola rolar se enganou. Apesar do campo apresentar várias poças, principalmente na faixa central do gramado, as duas equipes conseguiram se adaptar rapidamente e criaram boas jogadas.

E logo aos 4 minutos, o Santo André abriu o placar. Fernandinho aproveitou rebote da defesa e acertou um belo chute, de fora da área, fora do alcance do goleiro Tiago Volpi. O lance, no entanto, gerou muita reclamação. Na origem da jogada, o atacante Ronaldo estava impedido e disputou o lance. Mas a arbitragem confirmou o 1 a 0. Vale lembrar que o trio (árbitro e auxiliares) que atuou no empate entre São Paulo e Novorizontino, na última segunda-feira, foi afastado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) após a grande quantidade de erros contra o time tricolor.

Mesmo com o placar adverso, os comandados do técnico Fernando Diniz conseguiram criar boas chances de empatar, principalmente com Hernanes. O meia acertou uma finalização na trave e, em outra oportunidade, exigiu grande intervenção do goleiro Fernando Henrique.

Apesar de pressionado, o Santo André conseguiu se segurar e apostou nos contra-ataques. Foi assim que surgiu o gol de Dudu Vieira. Marlon avançou em velocidade pela esquerda e encontrou o volante infiltrando no meio da área. Livre, ele só teve o trabalho de escorar para o fundo do gol. O mesmo Dudu Vieira quase fez outro, em jogada idêntica, mas acabou parando em Tiago Volpi.

Depois de sair de campo muito vaiado, o São Paulo voltou para o segundo tempo com duas mudanças. Juanfran e Anderson Martins, que foi titular no lugar do lesionado Bruno Alves, deram lugares para Everton e Igor Vinícius. Com as alterações, o time passou a contar apenas com o equatoriano Arboleda como zagueiro de ofício.

Sem conseguir atacar, o Santo André acabou atraindo o rival para seu campo. E depois de tanto pressionar, e perder uma chance incrível Vitor Bueno, o São Paulo descontou com Daniel Alves, de falta. A cobrança de longa distância desviou na barreira e tirou Fernando Henrique do lance.

A bola parada, aliás, virou uma alternativa para o São Paulo quando seus jogadores já não tinham mais pernas para criar jogadas e envolver a defesa adversária. O placar, no entanto, não voltou a ser movimentado.

Com a derrota, o São Paulo vai para o clássico contra o Corinthians, no próximo sábado, às 19 horas, no estádio do Morumbi, pressionado. Nesta semana, Antony e Igor Gomes, dupla estava com a seleção na disputa do Pré-Olímpico, voltam a ser opção para o setor de ataque.

FICHA TÉCNICA

SANTO ANDRÉ 2 x 1 SÃO PAULO

SANTO ANDRÉ - Fernando Henrique; Ricardo Luz, Luizão, Rodrigo e Marlon; Paulinho (Nando Carandina), Dudu Vieira e Vitinho; Fernandinho (Julinho), Guilherme Garré (Buiú) e Ronaldo. Técnico: Paulo Roberto Santos.

SÃO PAULO - Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius), Anderson Martins (Everton), Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes (Brenner); Vítor Bueno, Pablo e Alexandre Pato. Técnico: Fernando Diniz.

GOLS - Fernandinho, aos 5, e Dudu Vieira, aos 34 minutos do primeiro tempo; Daniel Alves, aos 16 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Vitinho (Santo André).

ÁRBITRO - Vinicius Gonçalves Dias Araújo.

RENDA - R$ 353.980,00.

PÚBLICO - 6.404 pagantes.

LOCAL - Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP).