Não demorou muito para o atacante Diego Tardelli responder ao presidente do Atlético Mineiro, Sérgio Sette Câmara. Após o dirigente adotar um tom jocoso em um vídeo ao ser questionado por torcedor sobre a possibilidade de contratá-lo, o jogador fez um post no Instagram pedido respeito.

"Sr. Sérgio Sette Câmara. Sempre honrei a camisa do Galo e todos sabem o carinho e respeito que tenho pelo clube e pela sua fanática torcida. No Atlético, fui extremamente feliz, realizado e ajudei a instituição a conquistar vários títulos, inclusive, o mais importante de sua maravilhosa e rica história. Já fiz muito pelo clube e mereço respeito. Além disso, com 34 anos, me sinto um garoto e estou cheio de planos para a minha carreira", escreveu o atacante.

Além do texto, Tardelli publicou uma foto beijando a taça da Copa Libertadores da América, na conquista de 2013, quando o atacante teve participação ativa. Ao todo, o jogador de 34 anos disputou 219 jogos pelo clube e anotou 110 gols. Ele foi ainda campeão da Copa do Brasil de 2014, da Recopa Sul-Americana de 2014 e das edições de 2010 e 2013 do Campeonato Mineiro.

A polêmica começou na tarde desta terça-feira. Em vídeo que circula nas redes sociais, Sérgio Sette Câmara responde para um torcedor dentro de um avião. "Tardelli? A gente é asilo aqui agora, é? Jogador de 36 anos (são 34 anos)!", disse.

A recusa a Tardelli indica uma nova política adotada pela gestão do clube no mercado. O comando do Atlético-MG tem buscado rejuvenescer o elenco em 2020, com as saídas de alguns veteranos, como Elias e Leonardo Silva, que se aposentou dos gramados, e a contratação de jovens, como Dylan Borrero, Allan e Maílton

Tardelli chegou ao Grêmio em fevereiro de 2019 com contrato até o fim de 2021, que foi rescindido em 16 de janeiro. Isso ocorreu porque ele teve passagem apagada, demorou a se adaptar, foi reserva nos primeiros meses e só no fim do ano conseguiu adquirir status de titular. No total, disputou 47 jogos, com sete gols marcados. Segue com futuro incerto e, pelo que tudo indica, não será no Atlético-MG.