O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse nesta quinta-feira, 12, que o banco tem a capacidade de operacionalizar o saque imediato adicional do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) até o Natal. A medida original do governo autorizou os saques de até R$ 500 por cota ativa e inativa do FGTS, mas o Congresso ampliou esse saque para até R$ 998 no caso das contas que têm até um salário mínimo de saldo.

Segundo o presidente da Caixa, a ampliação deve beneficiar cerca de 10 milhões de trabalhadores.

"Estamos tranquilos, até porque a maioria das pessoas já realizou os saques de até R$ 500 e conhece o sistema. Um terço deles, inclusive, poderá receber automaticamente pelo aplicativo da Caixa, por terem poupança no banco", afirmou Guimarães.