O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, lamentou na quarta-feira, 4, o fato de seu país não dispor de armas nucleares. "Há quem tenha mísseis com ogiva nuclear e não uma ou duas peças. Mas eu não deveria tê-las, dizem. Isso eu não posso aceitar", disse Erdogan durante discurso em um fórum econômico. "Já não resta praticamente nenhum país desenvolvido que não tenha mísseis com ogiva nuclear. Todos as têm."

A Turquia se uniu ao Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares em 1968 e o ratificou em 1980. (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.