A Coreia do Norte analisa suspender as conversas com os Estados Unidos e pode reconsiderar o congelamento de testes nucleares e de mísseis, a menos que Washington faça concessões, disse ontem uma diplomata.

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, afirmou que os EUA desejam continuar a conversar com a Coreia do Norte e têm "uma grande expectativa" de que o líder norte-coreano, Kim Jong-un, mantenha as promessas feitas recentemente.

A vice-ministra das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Choe Son-hui, culpou autoridades de alto escalão dos EUA pelo fracasso da cúpula do mês passado, entre Kim e o presidente Donald Trump, em Hanói. (Com agencias internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.