Em um amistoso realizado na noite desta terça-feira na cidade norte-americana de San Luis, o Uruguai saiu na frente com Brian Rodríguez balançando as redes, mas os Estados Unidos buscaram o empate por 1 a 1 com um gol de Jordan Morris em um lance de sorte e asseguraram a igualdade no confronto diante da tradicional seleção sul-americana.

Sem contar com a sua dupla de ataque titular formada por Suárez e Cavani, o time comandado por Óscar Tabarez teve o flamenguista Arrascaeta como titular do meio-campo e só foi conseguir abrir o placar aos 5 minutos do segundo tempo.

Atacante de apenas 19 anos que joga pelo Los Angeles FC e havia estreado pela seleção uruguaia na última sexta-feira na vitória por 2 a 1 sobre a Costa Rica, na última sexta-feira, Brian Rodríguez fez o seu gol após receber passe de Federico Valverde, se livrar da marcação do Aaron Long e finalizar para as redes. Foi o seu primeiro gol pela seleção principal do país.

Os Estados Unidos, porém, acabaram achando o empate em um lance com desfecho inesperado no duelo que contou com a presença de 20.625 espectadores no estádio New Busch. Ao tentar afastar uma bola perto da linha de fundo pelo lado esquerdo da grande área uruguaia, José Giménez acertou a bola no norte-americano Nick Lima e a mesma rebateu com efeito, sobrando em ótimas condições do outro lado para Jordan Morris cabecear para o gol, já da pequena área, sem chances de defesa para o goleiro Muslera, aos 34 minutos.

O atacante não marcava pela seleção norte-americana desde quando balançou as redes contra a Jamaica na final da Copa Ouro de 2017. Vale lembrar, porém, que ele rompeu o ligamento do joelho em fevereiro de 2018 e só voltou a atuar pela equipe nacional em março deste ano.

OUTROS AMISTOSOS - Outra seleção sul-americana que foi a campo nesta data reservada pela Fifa para amistosos internacionais foi a do Paraguai, que bateu a Jordânia por 4 a 2, na casa do adversário. Os jordanianos surpreenderam ao abrirem 2 a 0 no placar com dois gols marcados no final do primeiro tempo, por Mohammed Altamarie e Yassin

Albakheet.

Na etapa final, porém, os paraguaios conseguiram protagonizar uma forte reação a partir do 16º minuto, quando Óscar Romero descontou o placar. Em seguida, Almirón empatou aos 29 e Rojas virou aos 75. E ainda houve tempo para Ángel Romero, ex-Corinthians e irmão gêmio de Óscar, fazer o quarto aos 45 e selar o placar final.

Em outro duelo do dia, o Equador superou a Bolívia por 3 a 0, em casa, na cidade de Cuenca, no amistoso que marcou a estreia do técnico venezuelano César Farias no comando da seleção boliviana. Todos os gols da equipe equatoriana foram marcados no segundo tempo. Estrada abriu o placar e o meia corintiano Sornoza ampliou para 2 a 0, cobrando pênalti. Plata decretou os 3 a 0.

Em outro duelo desta noite de terça envolvendo duas seleções sul-americanas, Colômbia e Venezuela empataram por 0 a 0, em Tampa, nos Estados Unidos. Os outros amistosos realizados mais cedo nesta terça-feira tiveram os seguintes resultados: Omã 1 x 0 Líbano, Tunísia 1 x 2 Costa do Marfim, Ucrânia 2 x 2 Nigéria, Irlanda 3 x 1 Bulgária e Marrocos 1 x 0 Nigéria.