A seleção brasileira feminina de vôlei precisou de 1h04min para derrotar a Venezuela, por 3 sets a 0, com parciais de 25/10, 25/16 e 25/11, nesta quinta-feira, em Cajamarca, no Peru. Com o resultado, o time do técnico José Roberto Guimarães garantiu vaga na semifinal do Sul-Americano.

As brasileiras encerrarão a participação na primeira fase às 17h (horário de Brasília) desta sexta-feira contra a Argentina. As equipes estão invictas com duas vitórias e já classificadas para semifinal. A partida valerá o primeiro lugar no Grupo A.

Brasil, Argentina, Venezuela e Equador estão no Grupo A. A chave B é formada por Peru, Colômbia, Uruguai e Bolívia. As equipes se enfrentam dentro dos seus respectivos grupos e as duas melhores de cada passam à semifinal da competição.

A oposta Lorenne foi a maior pontuadora do confronto, com 15 acertos. A central Bia também teve boa pontuação, com 12 pontos. A partida marcou o retorno da oposta Sheilla à seleção feminina em um jogo oficial. A atacante entrou no primeiro set e terminou o confronto com dois pontos. A bicampeã olímpica ainda fez mais um ponto de saque.

"É muito legal estar em quadra novamente defendendo o Brasil em uma competição como o Sul-Americano. Essas partidas são muito importantes para ganharmos ritmo de jogo. Estou feliz de ter terminado o confronto com um ponto de saque. Agora vamos pensar no duelo contra a Argentina que evoluiu nos últimos anos para terminarmos a primeira fase na liderança do nosso grupo", disse Sheilla, que não jogava oficialmente pelo Brasil desde a Olimpíada do Rio, em 2016.

A central Carol, que marcou quatro pontos, analisou a partida. "Esse campeonato é importante para ajustarmos a nossa equipe. Estamos buscando o título e fico feliz de ver os outros países da América do Sul se desenvolvendo no voleibol. Teremos como próximo adversário a Argentina que é uma equipe mais experiente. Vamos estudar o time delas para terminarmos bem a fase de classificação."

A seleção foi escalada nesta quinta com Macris, Lorenne, Drussyla, Amanda, Bia, Mara e Leia (líbero) foram as titulares de Zé Roberto. Ao longo do duelo entraram em quadra Sheilla, Roberta, Carol, Suelen e Maira.

Em outro duelo do desta quinta-feira, a Argentina venceu o Equador por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 25/15 e 25/13.